Você está em

Você está em

Você sabe o que é Internet das coisas e como ela influencia o seu dia a dia?

Você sabe o que é Internet das coisas e como ela influencia o seu dia a dia?

por | jun 1, 2021

O que é a internet das coisas?

Internet das coisas é uma tecnologia que se refere à conexão de objetos à internet. Cada vez mais o mundo digital e físico estão se integrando, é comum ver eletrodomésticos, automóveis, roupas e até mesmo casas completamente conectadas.

A ideia de internet das coisas começou em 1991, quando o acesso à internet se popularizou. Apenas em 1999 foi criado o termo “Internet of Things” (IoT), e se começava a aprimorar a tecnologia, que hoje está se tornando mais presente a cada dia.

O principal objetivo de conectar as coisas à internet é otimizar o dia a dia das pessoas. Através de sensores inteligentes e softwares de transmissão de dados, a internet das coisas possibilita um mundo mais inteligente, conectado e tecnológico.

Mas como realmente a internet das coisas pode influenciar a nossa vida real?

Na verdade, nós já nos beneficiamos com tecnologias da internet das coisas em vários aspectos dentro da nossa rotina, sem nem ao menos nos darmos conta. 

Mas claro que, para acompanhar esse avanço, é preciso ter uma boa conexão de internet. Por isso os planos da Speed Fiber Telecom oferecem velocidade e qualidade para você não ficar para trás na conexão digital.

Veja a seguir como a internet das coisas já está impactando significativamente nossa vida.

Como a internet das coisas influencia o nosso dia a dia

Como vimos, a internet das coisas está mais do que presente no nosso dia a dia, e ainda existe muito mais dela que podemos nos beneficiar.

O objetivo da conexão digital é dar mais conforto, aumentar a produtividade, oferecer informação rápida e em tempo real, promover saúde, segurança, enfim, utilizar a tecnologia em favor da simplificação da nossa rotina.

Desde as coisas mais simples, como relógios, máquinas de cartão, aplicativos, fones de ouvido sem fio, até dispositivos ultrainteligentes, como assistentes virtuais criam maior interação das pessoas aos objetos.

A Smart TV ou videogame são exemplos bastante comuns a nós. Esses aparelhos podem se conectar à internet, permitir acesso a redes sociais, loja de aplicativos, plataformas de streaming etc.

Mas outros aparelhos da casa também estão se tornando conectados. Por exemplo, geladeiras que, não apenas avisam quando a comida está acabando ou quando precisam de manutenção, mas até mesmo entram em redes sociais.

Fogões que cortam o gás automaticamente ao sinal de vazamento, lâmpadas que acendem por sensor, aspiradores robôs, fechaduras conectadas ao celular, aparelhos de som, carros totalmente conectados, câmeras etc., são todos exemplos que estão se tornando cada vez mais comuns e acessíveis, caminhando para serem quase que indispensáveis no futuro.

Outra coisa que já usamos muito são os aplicativos inteligentes. Por exemplo, os aplicativos de segurança, que mostram câmeras em tempo real; aplicativos de trânsito, que mostram, também em tempo real, as informações sobre estradas e ruas; e os aplicativos de saúde, que utilizam sensores para captar batimentos cardíacos, respiração etc., além de outros inúmeros apps que facilitam a nossa vida.

Assistentes virtuais também são dispositivos inteligentes de conexão digital. Eles reconhecem nossa rotina, horários, dia da semana, localização por GPS e nos dão informações importantes que podem nos ajudar. 

Agora, em relação ao mercado como um todo, é indiscutível o impacto da internet das coisas para melhorar as atividades econômicas. 

Na área da saúde, hospitais e clínicas vêm se beneficiando da tecnologia para acompanhar as condições de saúde dos pacientes, facilitando a medição de batimentos, coleta de sangue e outros recursos importantes. Isso agiliza os procedimentos e garante maior controle por parte dos médicos. 

Na agropecuária, sistemas inteligentes melhoram a atividade e a tornam mais produtiva e sustentável. Na logística, é possível usar a conexão digital para traçar rotas e otimizar as entregas.

A IoT também trabalha para aumentar a segurança. Câmeras, alarmes, sensores de movimento, biometria, fechaduras inteligentes, tudo isso pode ser conectado para garantir mais segurança de casas, empresas, automóveis etc. Por exemplo, é possível acompanhar imagens em tempo real, receber notificações de movimento, e até mesmo obter reconhecimentos faciais.

Fábricas, lojas, transportes e serviços públicos também são setores que utilizam a internet das coisas para melhorar os seus processos, aumentar o monitoramento e controle, gerando maior economia, sustentabilidade e produtividade.

Como se adaptar a internet das coisas?

Com o constante crescimento da internet das coisas, surgem também novos desafios para suportar tantos dispositivos conectados ao mesmo tempo.

Alguns equipamentos da IoT se conectam em servidores da nuvem ou em conexões digitais com celular, como o carro ou centrais inteligentes da casa. Mas para conectar tantos aparelhos a uma mesma rede é necessária uma boa estrutura de Wi-Fi.

Contar com um bom plano de banda larga que consiga acessar todos os ambientes da residência é fundamental. Ter um bom roteador e repetidores garante que o sinal seja ampliado e que você não tenha problemas com a conexão digital desses dispositivos. 

Não apenas em casa, mas nas empresas, a internet das coisas otimiza a rotina de trabalho. Por isso, ter uma boa internet empresarial faz toda a diferença.

A Speed Fiber Telecom oferece planos de internet de fibra óptica com alta velocidade e qualidade. Confira nossos planos residenciais e empresariais para você acompanhar os avanços tecnológicos e aproveitar o melhor em conexão digital.

Outras Postagens

× Assine por WhatsApp

Nova central de atendimento
telefônico:

(27) 3205-3333